CHAPADA DIAMANTINA E SEUS ENCANTOS…

 A chapada e sua vegetação, tem grande variedades de árvores, composta na sua maioria de vegetação rasteira que dá os traços de caatingas, e de muitas flores típicas da região como a bromélia, as Orquídeas, as sempre vivas, o copo de leite, entre outra  variedades, como os cactos

 A  Chapada Diamantina é também onde nasce todos os rios, como  o rio Paraguaçu rio de contas rio de  unas, rio de saminas o rio do Tim- timbozinho todos com suas nascentes fluentes do alto da serra onde  são localizadas as suas nascentes , que deslizam por entres os relevos da serra formado grandes lagos, de águas doce uma obra-prima da natureza em forma de encanto. Encanto retratado no cenário musical  por vários cantores da música raiz sertanejas 

 ( ENCANTO DA NATUREZA. )  são destes logos que  despeja suas águas desenfreadamente por entre os paredões de pedra também chamado de (Kemnol ) com mais  de 300mt de altura que macem as cachoeiras da chapada diamantina embelezando mais ainda o cenário verdejante da chapada, uma delas é  a cachoeira da fumaça, com  seus
380mt um espetáculo a parte onde a grande quantidade de água, lançada precipício abaixo não chega o seu destino final, a não ser em forma de chuva formando assim uma grande cortina  de gotas d’água ,se parecendo  com Fumaça ,(CACHOEIRA DA FUMAÇA ).que antes também  já teve outros  pseud.  Como a cachoeira do penedo .nome fantasia que foi dado pelos antigos moradores  da serra como o Sr. Antônio do Cacho Duro, como  era chamado assim também, assim como o rio de saminas, rio por onde passa as águas que desembocam na cachoeira encantada, o Sr. Carlinho da serra que faleceu em 2006 aos 85 anos, ele veio para a serra com apenas 12 anos (,lembro diz ele) que o Sr. Antônio já morava aqui por cima e já era um Sr. De uns 40 anos, nasceu e faleceu aqui em cima da serra, e conhecia uma senhora  camada  de D. Mida que morava na beira do rio , quando ela faleceu “CONTAVA ELE” surgiu o nome de (Rio de saminas ),que  tem a suas águas avermelhadas, o ditado popular diz que é por causa das raízes das plantas que dá a cor avermelhadas nas águas do rio, na verdade são apenas nomes fantasias trazidos pelos índios que foram os primeiros moradores da chapada, (presume-se isto ). Quando na verdade as águas dos rios da chapada diamantina são avermelhadas, por causa de uma grande concentração de ácido húmico – resultado da decomposição de matérias orgânicas vegetal na região. Mas o( IBAMA ) . Garante que há águas é de boa qualidade e que pode  ser ingerida sem problema.
O surgimento da chapada se deu há cerca de um bilhão e seiscentos milhões de anos, atrás sua geologia é composta de serra do espinhaço. Com altitude media entre 800 e 1.200m acima do nível do mar, a serra abranger uma área de 38.000 km o que corresponde 7% de todo território Baiano, despeja  sua águas direto  no rio S. Francisco através dos rios de contas e o Paraguaçu. Para quem vem  a chapada, nesta região com entrada pela cidade de Itaetê  vindo para o Rumo vem por uma estradinha de terra, tem a oportunidade de observa quase toda o espinhaço , da serra  numa distância de 3 km ao  seu lado direito,  pode-se ver o Kemnol, o chapel do cabocó, abaixo o rio unas, passando pelo baixão  com chegada ate o Rumo, ponto de apoio, é na pousada sempre viva, ao lado do rio unas o começo da caminhada pela trilha do Rumo. Já de  Itaetê  para o Rumo,  passa pelo poço encantado, que fica só a 4 Km de Itaetê a caminho do Rumo.
Este poço mede 40mt de profundidade, a decida é acompanhado por um guia turístico, com um tempo para se retorna a superfície.   Lá em baixo tem um cenário extraordinário,  de águas cristalinas em forma de céu de brigadeiro,. ( azul ).O fenômeno  se da ,porque  entra uma pequena flecha de luz do dia, que mais parece insignificante pelo seu tamanho,  penetra por entres as pedras e ao  bater na  água reflete uma luz ( um facho de luz encandeceste ) na profundidade de 40mt
A cidade  de Itaetê, tem a maior represa de água doce  da chapada diamantina, com 18 Km águas cristalinas e  navegável,  onde pôde se pescas diversas peixes da região. Itaetê é cortada pelo rio Paraguaçu. Ao lado tem o poço encantado,  já na saída para o Rumo você conhecer a trilha dos gringos, que leva as ruínas da cassa dos belgas, uma caminhada pela serra do rodo ao lado da cidade de Itaetê . Se  esteve no  Rumo, vale apena  se desloca  17 Km, por uma estradinha de terra ate a cidade de  Iramaia, cidade que leva o nome da índia Iracema .
Terra da índia Iracema, como  chamada pelos seus populares moradores, lá tem outra obra prima da natureza, a Gruta de Iramaia, em forma de concha com uma altura de 20mt Ponto de encontra das grades festas da cidade, como encontros de vaqueiros, pagadores de promessas, refugio de meditação, esta gruta é um encanto toda esculpida como se fosse pela mão do homem ,mas os relato 
O que me causa impressão, é  a arquitetura das cidades que cerca  a chapada diamantina, no seu imponente  estilo colonial, preservando  assim história, nos dias de hoje,  dando um toque de mágica a este paraíso  único.
ITAETÉ é mais umas das cidades da chapada diamantina conhecida por suas  riquezas naturais ,banhada pelo rio Paraguaçu é encravada por entre as serra mais belas do sertão baiano. Faz de Itaetê  pela sua  localização estratégica , uns dos mais procurados polos turístico da chapada, e visitada por  varais regiões do  pais, o contrates  desta  cidade é de impressionar a quem  visita pela primeira vez, se depara com uma represa de mais de 17Km de água doce se  tornando a maior represa  da chapada,  do outra lada, com as emblemáticas serra é morros, formando uma grande concha a céu aberto. Em contraste com  seus  belos  casarões do século xvII .  Itaetê já foi um vilarejo  chamado de  tamanduá. No século xv nome atribuído pelos viajantes, segundo eles tinha muito tamanduá nesta região.
E este nome foi ostentado ate  que veio a emancipação em 25 de setembro de 1961. Baseado na lei de n° 1.497 assinado na época  pelo Juraci Magalhães, mas a instalação do município, só se deu em 1963 quando foi emborcada  a primeira câmera de vereadores, juntamente com o primeiro prefeito. De  ITAETÉ. Que já foi Tamanduá, em 1963  o
Sr. Valdemar Ferrero, foi o primeiro prefeito, a parti desta data que se passou a chama de  cidade de  ( Itaetê ). Nome que tem o seu  significado de  pedra dura, ou duríssima , que vem da língua Tupi guarani, com referência ou diamante que era muito explorado por aqui, ditado popular afirma que no século vx toda esta área era ocupado pelos índio Cariris.
Populares contam que a largada foi dada lá atrás, no tempo do vilarejo inda tamanduá. O progresso veio mais rápido para o vilarejo de tamanduá
Com a construção de um ramal da estrada de ferro, ate o antigo vilarejo de tamanduá, o fato é que o vilarejo foi crescendo.
E com a vinda dos tropeiros que vinha do alto dá serra com suas lavras, ate a estação de ferroviária, um  ano mais tarde aquele vilarejo se tornou o ponto crucial para o desenvolvimento da região, fazendo de li, um dos pontos mais importantes  da chapada, para escoamento de lavras minério madeira  atc…
Itaetê hoje tem mais de  17.000 mil habitantes, com uma economia voltada para a pecuária, a cidade  só tem  40 anos de emancipada do município de Andaraí, conta com um deslumbrante cenário turístico como citado acima, além  da cachoeira encantada, tem cachoeira do roncador, lapa do bode ,uma gruta fantástica, pela forma com que é esculpida por dentro, lagoa seca , cachoeira do bom jardim , cachoeira da barrigudinha , as ruínas da casa de pedra, o chalé dos belgas, tem suas festas e cultura prez evadas, em 25 de setembro , festa do município, dia 27 de novembro dia de nossa padroeira nossa senhora das graças. Manifestos como as festas populares de reisados, durante o mês de janeiro. Conta com as festividades dos carurus com a chegada da festa de S. Cosme Damião, o gere,  que  é um manifesto cultural e religioso de origem Africano, a ramificação do candomblé e são Roque.
Itaetê se constitui de uma área geográfica de 1. 028 km que se limita com os municípios de Andaraí, nova redenção, Iramaia, Boa Vista Do Tupim, Marcionílio De Sousa, Ibicoara.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *